Casa da Árvore

Notícias

IMG_0601
16 set

BiblioArteLAB coloca a biblioteca mineira no mapa internacional de inovação

O projeto BiblioArteLAB, realizado na Biblioteca Municipal Centenário (Biblioteca da Urca), em Poços de Caldas-MG, foi uma das três iniciativas brasileiras selecionadas para o Programa Ibero-americano de Bibliotecas Públicas - Iberbibliotecas. O resultado do Concurso de Ajudas 2016 foi publicado nesta sexta (16) com 14 projetos de inovação em bibliotecas, oito na Colômbia, dois na Espanha e um no México. No Brasil, além do projeto mineiro foram selecionadas a Biblioteca Pública Hans Christian Andersen (SP) e o Instituto de Políticas Relacionais (PA). Os projetos selecionados receberão investimento para desenvolvimento e aprimoramento das suas ações.
 
 
 
O programa Iberbibliotecas está em seu 4° ano e tem o objetivo de consolidar as bibliotecas públicas como espaços de livre acesso à leitura, de inclusão social e de qualificação da educação e do desenvolvimento. Um desafio assumido pela ONG Casa da Árvore, que desenvolve o BiblioArteLAB em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura desde o início de 2016. O projeto funciona como um laboratório comunitário, onde jovens estudantes da rede pública desenvolvem seus talentos e habilidades com a literatura e as novas tecnologias enquanto criam formas inovadoras de acesso e uso da informação, do conhecimento e da cultura. Todas as atividades realizadas pela iniciativa são gratuitas.
 
 
Com o BiblioArte LAB a biblioteca ganhou um parque tecnológico e mobiliários cedido pela ONG. Possui um acervo literário composto de doações e aquisições indicados pelos próprios jovens e conta com uma equipe de facilitadores voluntários composta por educadores, artistas e estudantes universitários. A presidente da ONG Casa da Árvore, Leila Dias, destaca que o “objetivo desse esforço coletivo é fazer da biblioteca um espaço vivo, capaz de ajudar a comunidade a encontrar formas sensíveis e críticas de ler o mundo contemporâneo, onde cada vez mais as telas e conexões sem fio dialogam com os livros construindo nossa realidade”.
 
 
O laboratório foi montado na Biblioteca da Urca em um espaço cedido pela Secretaria Municipal de Cultura e reformado com a participação dos próprios jovens. Segundo o secretário de cultura, João Alexandre Moura, a gestão municipal “viu no projeto um profundo alinhamento com as demandas do sistema municipal de bibliotecas públicas e com o Plano Municipal de Cultura”. Moura destacou ainda que “a participação dos movimentos culturais é fundamental na construção de uma política cultural plural, contemporânea e que responda aos anseios da população”.
 
 
Segundo a coordenação do projeto, o investimento proveniente do Programa Iberbibliotecas servirá para melhorar as condições para realizações das oficinas, cursos e de investimento nos próprios empreendimentos criativos que os jovens estão desenvolvendo, como a revista eletrônica de literatura juvenil Página 9 ¾ e o laboratório de gif´s literários, #MeDizUmLivro. Já nos primeiros meses o BiblioArteLAB irá ampliar a oferta de vagas através de uma série de oficinas como Robótica Poética, Viral da História, Lítero_GIF e Hiperespaços Literários.
 
O projeto prevê ainda uma residência de arte e tecnologia onde desenvolvedores irão dialogar com a comunidade para criar um aplicativo de serviços para a Biblioteca da Urca. “Queremos que esta experiência vivenciada aqui em Poços de Caldas seja um exemplo para o Brasil e demais países iberoamericanos de como a arte e a tecnologia podem ajudar na construção de uma cultura leitora pautada na criatividade e na participação social”, comentou o coordenador de inovação do projeto Aluísio Cavalcante.
 



DADOS INSTITUCIONAIS

Razão social: Associação Casa da Árvore
CNPJ: 09.169.589/0001-20
Endereço: Av. Prof. Alfredo de Castro, S/N, Área Especial, Chácara do Governador - Goiânia - GO