Casa da Árvore

Notícias

foto de Júlia Ferreira
04 set

Stikers do Instagram viram tema de laboratório de escrita criativa

Nesta quinta (05) a equipe de jovens realizadores da revista Página 9 3/4 vai desembarcar na zona leste de Poços de Caldas para o LAB Stories Heróicas, a partir das 13h30 na Escola Estadual Francisco Escobar. A atividade será conduzida pelos jovens artistas digitais Letícia Ortiz (19) e Lyniker Xavier (16), responsáveis pela produção de conteúdos multimídia no periódico literário digital.

O laboratório será realizado na biblioteca da unidade escolar e desafiará os alunos a criarem suas próprias histórias de ficção para a rede social Instagram. “Pensamos em algo bem divertido, onde a galera poderá usar stikers animados e gifs que a gente criou, inspirados em heroínas e herois das histórias em quadrinhos e dos mangás”, destacou a designer da Página 9 ¾, Letícia Ortiz, que assina a criação dos stikers juntamente com Karina Albina.

Essa será a primeira vez que o produtor de conteúdo digital, Lyniker Xavier, irá mediar um oficina para outros jovens. “Eu nunca pensei que fosse trabalhar como educador, ainda mais ensinando a galera sobre novas formas de se relacionar com a literatura. Mas aqui na Página 9 ¾ é assim, a gente vai aprendendo sobre novas profissões e quando menos espera, já está colocando a cara no mundo”, revelou Xavier. Até o final do ano outras atividades serão realizadas na bibliotecas as escolas estaduais Tamm Bias e João Eugênio.

A iniciativa integra o programa BiblioArte LAB de inovação em bibliotecas, desenvolvido pela ONG Casa da  Árvore, em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura de Poços de Caldas e o apoio do Instituto Alcoa. Desde 2016 já atendeu mais de 600 jovens, estimulando o empreendedorismo criativo, a formação de leitores do século XXI e o protagonismo jovem. Entre 2016 e 2017 integrou o Programa Iberoamericano de Biblioteca (Unesco), foi finalista do Prêmio Jabuti 2018 na categoria Inovação na Formação de Leitores, e do Prêmio IPL - Retratos da Leitura no Brasil. Recentemente foi certificada pela Fundação Banco do Brasil como Tecnologia Social.

Para o designer de inovação da Casa da Árvore, Aluísio Cavalcante, as experiências desenvolvidas nas bibliotecas públicas e escolares de Poços estão proporcionando a criação de uma nova abordagem para estes aparelhos culturais, que têm inspirado e contribuído com os desafios em vários estados brasileiros. “Com a participação das comunidades e com integração das novas linguagens midiáticas nas práticas de letramento e fomento à leitura, as bibliotecas podem ampliar imensamente seu impacto social, contribuindo com desafios locais de desenvolvimento sustentável, promovendo cidadania e estimulando inovações e negócios criativos“, completou Cavalcante.

 



DADOS INSTITUCIONAIS

Razão social: Associação Casa da Árvore
CNPJ: 09.169.589/0001-20
Endereço: Av. Prof. Alfredo de Castro, S/N, Área Especial, Chácara do Governador - Goiânia - GO